quinta-feira, 20 de julho de 2017

A Amizade

Pudera eu ter o dom de um poeta
ou de um músico…
para poder colocar em verso e melodia
o sentimento da amizade…
Como eu gostava, como eu queria
poder defini-lo e transcrevê-lo
esse sentimento da verdade

A amizade é um sentimento
tão único e especial,
troca, amor, cumplicidade
é afecto, é respeito, é vital,

é carinho e honestidade

A amizade duplica a alegria
e divide as tristezas,
é uma completa melodia
que diminui as distâncias
fortalece as certezas
e ultrapassa todas as ânsias…

A amizade, sim, a amizade
é uma troca repartida
de uma cumplicidade,
é a doce canção da vida
é a poesia da eternidade




terça-feira, 4 de julho de 2017

Os baixinho chegam onde chegam os grandes

Os baixinhos chegam onde chegam os grandes, será mesmo?

Sou baixinha pois sou e então? Os meus pais perderam muito tempo com alguns detalhes e a pôr tudo no lugar e depois esqueceram de acrescentar o fermento. Deve ter sido isso mesmo.

Quando somos mais novas não tem importância, ah e tal  é mesmo uma boneca, tão gira.... depois o tempo passa e esses comentários escasseiam, até desaparecerem por completo..... 

Mas os baixinhos chegam  sempre onde chegam os grandes...ah sim claro, se tiverem um banquinho por perto, senão estão tramados..... 

Ah pois é, estão mesmo tramados....se vão a um concerto ou a qualquer espectáculo, ou ficam na frente ou então passam o tempo todo aos saltinhos ou a pôr a cabeça ora para a esquerda, ora para a direita, num desassossego que chegam a pensar “mais valia ter ficado em casa”

Se engordam mais um pouco, ficam umas bolas, se ficam muito magros, são uns enfezados.... não que me possa queixar porque estou entre os dois, mas sempre a pensar se um dia engordo muito, lá viro eu uma bolinha...se fosse alta talvez ficava um mulherão.

Se um homem alto anda com uma mulher baixa, até que disfarça, mas se for ao contrário lá vêm as piadas, algumas até grosseiras....

Bom o facto é que os homens não se medem aos palmos, medem-se em centimetros e as mulheres arranjam alguns centimetros extras nos saltos, agora os homens ficam mesmo em desvantagem.....





Junho 2017


quinta-feira, 29 de junho de 2017

Entardeceste...

Entardeceste no meu olhar
E amanheceste no meu sorriso
Um gesto e um beijo sem tardar
Mesmo no momento preciso

Anoiteceste nos meus braços
Percorrendo a estrada das horas 
Decorámos os nossos traços
Sem pressas e sem demoras

Até comigo madrugastes
Entre palavras e humor
Adormecestes e acordastes
Entre sonhos e amor



Junho 2017







segunda-feira, 22 de maio de 2017

Abraço o mundo

Dizem que no dia 22 de Maio se comemora o dia do abraço.
 Mas um abraço não tem dias, não tem horas, tem momentos!

Do livro "Abraço-te"


Abraço o mundo
esse mundo inteiro
que cabe no meu olhar
e, num sentimento profundo
sonho ...e até ouso voar...

Abraço as palavras
no oásis do meu silêncio
a vida  suspensa num sentir
preenche esse vazio
e, simplesmente deixo-me ir

e apenas...
as palavras rasgadas
em gritos contidos
me dão “tudo” dos nadas
e se transformam em
abraços unidos

Abraço o mundo







segunda-feira, 15 de maio de 2017

Quem disse que a idade está na cabeça?



Quem disse que  a idade está na cabeça? É que às vezes, ou a maior parte das vezes, o corpo  é quem manda. A cabeça bem quer ser jovem, mas o corpo não deixa.

Há dias em que me levanto e a minha cabeça me diz que tenho 30 anos e eu levo um daqueles dias, cheio de afazeres, ginásio, aulas, vida doméstica, num corre, corre, cheia de energia e depois no final do dia o meu corpo lembra-me que tenho 60. É um desmancha prazeres, é isso que ele é.... custa-lhe alguma coisa deixar-me viver na ilusão algum tempo mais.

E depois se dói aqui ou ali, a culpa é do tempo, porque é uma grande instabilidade, ora faz frio, ora faz calor, mas eu quando tinha 30, o meu corpo não dava pelas mudanças bruscas de temperatura. O meu corpo nem se importava com o que a cabeça pensava, porque se sentia bem na sua plenitude. Sentia-se forte, cheio de energia, sempre pronto para mexer....era um aliado à juventude da cabeça.

Agora está de costas voltadas para a cabeça, já nem quer saber se ela quer ter 30, 40 ou 50.

Às vezes faz-lhe a vontade e deixa-a gozar aquela sensação de “eu quero, eu posso, eu faço”, mas depois prega-lhe a partida e pergunta-lhe: ah julgas-te nova não é, estás esquecida que os 30 já lá vão, só tens mais 30 em cima, então toma lá uma dorzita para te lembrares, deixa cá ver onde vai ser....pode ser na zona lombar....ah e aviso-te já...se continuas a abusar, amanhã vai doer-te a cervical também.

E depois dizem que a idade está na cabeça... Só se for com muita persistência para conseguir ultrapassar a má vontade do corpo em relação a isso. Temos que o contrariar. Tenho uma dor aqui e outra ali, eu sei que já não tenho 30, mas posso ir, posso fazer, posso passear, o que não posso é abusar, senão o corpo vinga-se.

Temos que ir gerindo esta relação amor ódio entre a cabeça e o corpo. É que a cabeça não se pode iludir demasiado, em vez de 30 tem que pensar que tem uns 50 saudáveis e ir enganando o corpo. 

Eu digo-lhe baixinho: Olha lá eu sei que tenho 60, mas tem lá calma, não contraries muito a minha cabeça, eu também vou com calma, mas quero ir, quero fazer, ainda quero viver.


15/Maio/2017




terça-feira, 9 de maio de 2017

Salvador Sobral - Amar Pelos Dois (Spain Calling International) Eurovisi...



Se um dia alguém
Perguntar por mim
Diz que vivi
Para te amar

Antes de ti
Só existi
Cansado e sem nada p’ra dar
Meu bem
Ouve as minhas preces
Peço que regresses
Que me voltes a querer

Eu sei
Que não se ama sozinho
Talvez devagarinho
Possas voltar a aprender

Se o teu coração
Não quiser ceder
Não sentir paixão
Não quiser sofrer

Sem fazer planos
Do que virá depois
O meu coração
Pode amar pelos dois

sábado, 6 de maio de 2017


Odeio amuos…
prefiro argumentos
odeio recuos…
prefiro conversa
discussão
evita sofrimentos
e alivia a tensão

fala em vez de calar
grita em vez de silenciar
discute em vez de amuar
só assim podes ultrapassar
e controlar o estado emocional
para uma conversa normal